SMCC sedia a Cerimônia de abertura do Campinas Health 2022

Evento traz especialistas do Brasil e do mundo para discutir tecnologia e pioneirismo na área da Saúde

A abertura da 3ª edição do ‘Campinas Health Technology & Innovation Summit’ aconteceu na noite da última quinta-feira (06/10), na sede social da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC). O evento reuniu universidades, setor público e privado, além de autoridades e experts em tecnologia, inovação e saúde em três dias no formato híbrido. A mesa de abertura foi composta pela presidente da SMCC, secretário de Saúde de Campinas (representando o prefeito); diretor-presidente da Rede Mario Gatti, reitor da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, diretor associado da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (FCM-Unicamp) e o diretor-adjunto do Centro de Ciências da Vida (CCV) da PUC-Campinas. Representando a organização, Dr. Gustavo Fraga conduziu a cerimônia. “Tecnologia e inovação. É isso que nós queremos trazer para o nosso município, integrando o setor público e o privado. Queremos despertar nos mais jovens, que são os acadêmicos, que organizaram (o evento), a importância de se envolver em inovação e empreendedorismo, e engajar todos os profissionais de saúde e outros nesse grande projeto que é o Hub Internacional de Desenvolvimento Sustentável (HIDS), uma cidade inteligente, que nós vamos ter em Campinas num futuro próximo. O futuro já chegou e o futuro é agora”, afirma Dr. Fraga. Dra. Fátima Bastos, presidente da SMCC, ressaltou que o evento é consequência do destaque de Campinas no cenário nacional da saúde e da tecnologia. “Este evento tem tudo a ver com o rumo que a cidade está tomando, com as universidades que tem. Campinas é um polo tecnológico e de ciência também. E a SMCC tem muito orgulho de estar sediando este evento e de participar desse crescimento”, comenta. Embora a tecnologia esteja muito presente na medicina, motivo pelo qual é tema central do Campinas Health, muitos presentes destacaram a importância de usá-la como uma aliada do médico, que jamais deve perder sua capacidade de examinar um paciente e de dar atenção a ele. “Um dos grandes desafios do ponto de vista de inovação é a capacitação de pessoas. (…) É um desafio você associar uma coisa que será irreversível, como a evolução da saúde, à capacitação de pessoas para interpretar tudo que virá de novo”, avaliou o secretário de Saúde, Dr. Lair Zambon. O vice-presidente da SMCC, Dr. José Roberto Amade, também reforçou a importância de ponderar tecnologia e atendimento humano. “Quer seja em inteligência artificial, em indústria de insumos, em cirurgia robótica, a modernidade é uma coisa inevitável. Mas como estamos falando em saúde e atendimento médico, tem coisas que são insubstituíveis. A telemedicina, por exemplo, é uma realidade, veio para ficar, mas tem momentos que você não pode prescindir de olho no olho, de exame físico”, diz. Sobre o Campinas Health 2022 O Campinas Health é realizado pela FASCAMP (Fundação da Área de Saúde de Campinas) e FCM-UNICAMP, com promoção da Unicamp, PUC Campinas, São Leopoldo Mandic, SMCC e Prefeitura Municipal de Campinas. Conta ainda com a participação e apoio de diversas empresas de Campinas, do Brasil e Multinacionais. Para assistir às apresentações do Campinas Health, basta acessar www.campinashealth.com.br e realizar sua inscrição. Apresentações A primeira sessão do Campinas Health 2022 teve como tema ‘Distrito Inteligente e Sustentável de Campinas’. A coordenadora do HIDS, Gabriela Celani, apresentou detalhes da área e da cidade inteligente que deve ser implantada em Campinas. Além dela, participaram das apresentações Newton Frateschi, do Instituto de Física da Unicamp, e Carolina Baraccat, secretária de Planejamento e Urbanismo de Campinas. As apresentações foram moderadas por Adriana Flosi, secretária de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação de Campinas, e pelo professor Mariano Laplane, presidente do HIDS. O HIDS é um cluster de inovação de terceira geração, previsto para ser construído em uma área de 11,3 milhões de m², que engloba o Polo II de Alta Tecnologia (CIATEC II), as áreas do campus da Unicamp, em Barão Geraldo, e o campus 1 da PUC-Campinas. Já considerado uma Zona Livre de Conhecimento, o HIDS está alinhado com o conceito de desenvolvimento sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas). Trata-se de um projeto ambicioso, que pretende ser um novo paradigma de desenvolvimento urbano, aliando conceitos de cidades inteligentes, gestão sustentável de recursos naturais para a criação de um espaço urbano sustentável, inteligente, saudável com qualidade de vida para as pessoas que utilizem ou vivam nele. De forma bem resumida, é uma cidade modelo. “Para nós, ter a oportunidade de implantar um projeto grandioso e disruptiva como o HIDS aqui em Campinas é algo incrível. Daquelas coisas raras que mudam os rumos de uma geração. E estamos canalizando energia para que também na área da Saúde esse salto ocorra de forma espetacular” comentou Dr. Marcelo Amade Camargo, Diretor Geral da FASCAMP, Diretor Comercial e Marketing da SMCC e membro da organização do Campinas Health.

Notícias Recentes

Share This