Página Inicial 9 Notícias 9 SMCC retoma Fórum Covid-19 e hospitais particulares indicam aumento de casos de síndrome gripal

SMCC retoma Fórum Covid-19 e hospitais particulares indicam aumento de casos de síndrome gripal

A 16ª edição do Fórum SMCC “Situação Atual Covid-19 em Campinas”, nesta quinta-feira (26/11), contou com a participação de representantes da Secretaria de Saúde de Campinas, Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas, Depto. Vigilância Sanitária, Rede Mário Gatti , CREMESP, HC Unicamp, Centro Médico Campinas, Faculdade São Leopoldo Mandic, Hospital Vera Cruz / Casa de Saúde, Hospital Madre Theodora, Hospital Irmãos Penteado e Associação dos Day Hospital Campinas.

O Fórum foi novamente convocado para apresentar a situação real em nossa cidade e debater as estratégias necessárias para eventuais mudanças de cenário com toda seriedade e credibilidade que o assunto exige.

Confira a XVI edição do Fórum da SMCC ”Cenário Atual e Perspectivas da Pandemia em Campinas”:
• vídeo no canal da SMCC no YouTube CLIQUE AQUI!
• podcast no canal da SMCC no Spotify CLIQUE AQUI!

Cenário Atual

Os dados apresentados pela Vigilância Sanitária mostram que Campinas ainda se mantém em patamares baixos, se comparados aos meses anteriores, porém, segundo a própria Diretora da DEVISA, Dra. Andrea Von Zuben, é fundamental o acompanhamento para as próximas semanas.

Nos gráficos, um aumento considerável de casos entre jovens (até 19 anos) ficou evidente.

No tradicional giro dos hospitais, diretores e representantes confirmaram um aumentou dos casos de síndrome gripal nos prontos-socorros e internações, o que, para a área médica, serve de sinal de alerta para a população. Os hospitais privados estão notando esse aumento mais consistente.

Em alguns hospitais, especialmente os privados, parte considerável dos casos são de moradores de fora de Campinas. Um exemplo é o Hospital Vera Cruz/Casa de Saúde que registrou 40% dos atendimentos provenientes de outros municípios.

Houve aumento no número de exames em cerca de 30% e dos resultados positivos em 12%, comparados ao mês anterior, segundo o Coordenador do Departamento de Patologia Clínica da SMCC, Dr. Alex Galoro. Ele também ressaltou que os laboratórios na cidade ganharam maior capacidade produtiva e incorporaram novas tecnologias no período que podem agilizar os resultados dos exames (Rt-PCR).

Os médicos observaram que muitas vezes os casos provêm de pessoas de um mesmo núcleo domiciliar, o que corrobora a observação feita desde o início da pandemia, que o principal local de transmissão é o próprio domicílio. Talvez a maior circulação de jovens associada ao relaxamento de medidas de prevenção possa explicar esse aumento, notado especialmente em bairros considerados mais nobres da cidade.

Análises

Coordenador do Departamento de Infectologia da SMCC, Dr. Rodrigo Angerami, comentou que: “Fóruns como este mostram que a pandemia está sendo monitorada. É muito difícil dizer se é segunda onda ou repique da primeira… eu considero um repique da primeira”.

O Secretário de Saúde de Campinas, Dr. Carmino de Sousa, acredita que o Fórum foi importante para trabalhar com o que considerou ser a boa informação. “Nós não escondemos nada! Nós temos a máxima transparência em todos os dados. (…) Essa reunião foi programada no momento que começaram a surgir alguns rumores daqui ou dali, inclusive com algumas ilações sobre o que estava acontecendo aqui ou ali. Isso não é bom! É bom trabalhar com a boa informação e não com as ilações ou as conjecturas que alguém pode fazer daqui ou dali (…). Nos não temos nenhum compromisso que não seja de fazer aquilo que é necessário fazer.” E observou: “Nos acompanhamos todos os dias. O modelo que foi traçado para o Estado de São Paulo mostrou uma mudança no perfil do que era esperado e o perfil do que agora é esperado. Há uma expectativa, por modelos matemáticos e o que está acontecendo no Estado de São Paulo, de uma intensificação de casos. Não é aquilo que nós vivemos juntos há alguns meses atrás.”

Dr. Angerami deixou bem claro que população e até profissionais de saúde estão retomando as atividades sociais sem a devida consciência de manter os cuidados, o que é muito perigoso. Para o médico, o Plano de Flexibilização foi concebido para retomada econômica e de atividades e é diferente de um plano para orientar e regular o comportamento humano. Seria o caso então de estabelecer, junto a população, o reforço no isolamento e cuidados de higiene.

“Precisamos evitar pânico, mas precisa haver um aumento nas restrições e cuidados porque os casos voltam a aumentar com a maior exposição também”.

O vice-presidente da SMCC, Dr. José Roberto Franchi Amade alertou que comércios e população estão realmente “afrouxando” as medidas. “Comerciantes e população precisam respeitar as regras, os horários, o distanciamento”.

Diretor Comercial e Marketing da SMCC, Dr. Marcelo Amade Camargo concordou com os comentários dos infectologistas ao afirmar que para as próximas semanas é importante entender como impedir o contágio e quebrar a cadeia de transmissão.

“A orientação de fazer a coleta precoce de exames (Rt-PCR) e isolar contactuantes próximos ainda não está clara em alguns manuais oficiais, porém, para nós, neste Fórum, há muito tempo batemos nesta tecla, além de evitar aglomerações, lavar as mãos e usar máscaras.

No encerramento, a Presidente da SMCC, Dra. Fátima Bastos, comentou: “Atingimos nosso objetivo de esclarecer a situação e tirar as dúvidas dos nossos colegas e dos profissionais de saúde sobre o que realmente está acontecendo. Sabemos que pelo menos neste momento está tudo sobre controle, mas que a pandemia não acabou”.

Campanhas Institucionais SMCC

A SMCC teve a iniciativa, com apoio de varias instituições, de publicar o hotsite heroisdarmc.com.br para homenagear equipes na linha de frente e profissionais que morreram em decorrência da Covid-19.

Alem disso, em parceria com as emissoras Band e EPTV Campinas, lançou uma campanha em rádio e tevê para valorização dos médicos e profissionais de saúde e de orientação a população sobre Covid-19.

Os vídeos veiculados em tevê abordam desde a divulgação dos protocolos de enfrentamento a Covid-19 criados pela SMCC, a campanha contra o abuso de preços em medicamentos e EPIs, até mensagens de valorização e apoio aos médicos e profissionais de saúde, que passaram a ser reconhecidos como “heróis” e atraíram os holofotes em decorrência das grandes dificuldades impostas pela pandemia, mas que, infelizmente, vinham sendo negligenciados e desvalorizados nos últimos anos.

Veja os vídeos da campanha: (CLIQUE AQUI!)

Acesse o conteúdo dos Fóruns SMCC anteriores:

• Vídeos no canal da SMCC no YouTube CLIQUE AQUI!

• Podcasts no canal da SMCC no Spotify CLIQUE AQUI! 

Anúncios

Notícias Recentes

HIDS inicia diagnóstico arqueológico

HIDS inicia diagnóstico arqueológico

Trabalho será realizado na Fazenda Argentina e nas áreas adjacentes O HIDS (Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável), o um cluster de inovação de terceira geração que será construído em Campinas e foi o tema da matéria especial da Revista MedicAção de...

Clube dos Médicos está com inscrições abertas para aulas de tênis

Clube dos Médicos está com inscrições abertas para aulas de tênis

Podem participar associados ou não, a partir dos quatro anos de idade; há opções aulas individuais ou em grupo O Clube de Campo da SMCC está com inscrições abertas para as aulas de tênis. Podem participar associados ou não, mas associados possuem valores exclusivos e...

Matrículas para cursos de idiomas vão até 28 de janeiro

Matrículas para cursos de idiomas vão até 28 de janeiro

Estão disponíveis aulas de inglês, italiano e espanhol, do básico ao avançado A SMCC prorrogou as inscrições para os cursos de idiomas do primeiro semestre de 2022 para o dia 28 de janeiro. Associados, dependentes e não associados poderão fazer cursos de inglês,...