SMCC promove webinar sobre vacinação de gripe e pneumococo na pandemia

8 abr, 2021 | Eventos, Notícias

Evento, gratuito e aberto ao público, acontece no próximo dia 15 pelo Zoom, com transmissão pelo Youtube

Com o objetivo de esclarecer a população sobre a importância da vacinação contra a gripe (influenza) em época de pandemia da Covid-19, a SMCC (Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas) vai promover um webinar, gratuito e aberto ao público, com o tema “Vacinação contra influenza e pneumococo durante a pandemia”. O evento será no próximo dia 15 de abril, às 19h30, pelo Zoom, com transmissão ao vivo pelo canal da SMCC no Youtube (CLIQUE AQUI para entrar no evento). Os participantes vão abordar a vacinação em todas as faixas etárias.

O webinar contará com a presença da Dra. Sílvia Bardella Marano, infectopediatra, diretora da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações) – Regional SP e integrante dos Departamentos de Imunização e Infectopediatria da SPSP (Sociedade de Pediatria de São Paulo). Também estará presente a Dra. Raquel Stucchi, infectologista, docente da FCM-Unicamp e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia.

O evento também vai contar, como moderadores, com os membros do Departamento de Pediatria da SMCC, Dr. José Espin Neto, Dra. Tania Quintella e Dra. Silvia Helena Viesti Nogueira. “Nós faremos uma discussão sobre a importância da adesão à campanha contra a influenza, que se inicia no dia 12 de abril, suas indicações e contraindicações, pois as campanhas contra influenza e contra Covid-19 ocorrerão de forma simultânea. Também queremos conscientizar a população sobre a importância de manter o calendário vacinal em dia, além de orientar como pode ser feita a prevenção da doença causada pelo pneumococo”, explica Dra. Silvia Viesti. Em relação à vacinação contra pneumococo, ela explica que para a prevenção das pneumonias causadas pelo pneumococo, tem importância a proteção dos menores de seis anos, os maiores de 60 anos e pessoas nos grupos de risco para desenvolver doença pneumocócica invasiva.

De acordo com a Dra. Silvia, o aumento do número de casos de influenza poderia pressionar ainda mais o sistema de saúde, que permanece em risco de colapso, por isso é tão importante a adesão da população à campanha. “Outro ponto é que uma vez vacinado contra a influenza, devido os sintomas das duas doenças (Covid-19 e gripe) serem semelhantes, se pudermos excluir o diagnóstico de gripe pelo motivo de o paciente estar vacinado contra esta doença, facilitaria o diagnóstico diferencial”, comenta. “No início de 2020, antes da vacinação contra influenza e medidas de restrição de circulação e distanciamento, chegamos a observar alguns casos de coinfecção (Covid-19 e gripe), o que pode levar ao agravamento dos casos”, reforça.

Ela também destaca que a gripe pode causar sérios prejuízos às crianças. “É importante dizer que a Covid-19 é relativamente “benigna” para as crianças e que elas transmitem pouco essa doença, ao contrário da gripe, que costuma ser mais grave e mais transmissível nas crianças”, compara.


Ferramenta de imagem

Notícias Recentes

MANIFESTAÇÃO DA SMCC SOBRE MUDANÇAS NAS REGRAS DA CNRM

MANIFESTAÇÃO DA SMCC SOBRE MUDANÇAS NAS REGRAS DA CNRM

No dia 17 de abril de 2024, nós fomos surpreendidos por uma decisão UNILATERAL do governo federal, que mudou drasticamente as regras da CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica). Através do decreto 11.999, sem nenhum conhecimento ou consulta prévia feita às...