Evento de Encerramento do ano e confraternização reuniu Diretores e Departamentos Científicos

Houve entrega dos prêmios do ‘Dia D de Doação’ e apresentação de novos projetos para 2023

Aconteceu na sede da SMCC, na noite desta terça-feira, o evento de balanço do ano e confraternização entre Diretoria e Departamentos Científicos. No encontro, os representantes do time UniEduK, equipe bicampeã da gincana no Dia D de Doação, e do time Unicamp, 2ª colocada, receberam, os prêmios em reconhecimento ao empenho, que permitiu ajudar centenas de pessoas com a doação de sangue, alimentos, produtos de higiene, roupas e calçados.

A entrega dos cheques simbólicos foi feita pela presidente, Dra. Fátima Bastos, e pelo diretor comercial e marketing, Dr. Marcelo Amade Camargo, idealizador e organizador da campanha.

Equipe da UniEduK – 1ª colocada no Dia D de Doação

Dr. Marcelo aproveitou o momento e antecipou que a SMCC está desenvolvendo novas ações voltadas aos acadêmicos de medicina. “Eu queria já dar um spoiler! A ideia é que a gente ajude vocês na calourada. Nós queremos estar com vocês já no 1º ano. E todo mundo que for entrando já vai tendo esse contato e a gente vai crescendo junto, até a hora que vocês saírem da casa de vocês hoje, que é a faculdade, e entrarem nessa casa aqui, que é a casa que abraça todos os médicos”, disse.

Equipe Unicamp – 2ª colocada no Dia D de Doação

A acadêmica de Medicina da UniEduK, Gabriela Rassi, destacou os benefícios do Dia D de Doação. “Eu queria agradecer primeiramente à Sociedade, por essa oportunidade. Nós, como alunos e futuros profissionais de saúde, eu acredito que seja extremamente importante esse evento, porque faz a gente refletir que pode ajudar não só nos hospitais e nas clínicas, mas incentivando o pessoal a doar, com cidadania mesmo”, afirmou.

Campanha de valorização

A Dra. Fátima antecipou aos presentes que a SMCC, em parceria com outras sociedades médicas, como a APM (Associação Paulista de Medicina) e a AMB (Associação Médica Brasileira), vai participar de uma campanha em defesa do médico. “Nós estamos muito desvalorizados. A gente tem sentido isso na pele, no consultório e a gente recebe aqui muitas reclamações de colegas. A gente tem uma pesquisa para fazer para poder embasar e fazer essa luta mais concreta”, disse.

Dr. Curi e Dra. Fátima – campanha de valorização do médico

O diretor de Defesa Profissional, Dr. Jorge Curi, reforçou a importância de todos participarem da pesquisa, que será enviada aos associados. Em seu discurso, ele lembrou que a medicina evolui muito rapidamente e que o paciente quer um atendimento de qualidade. Em contrapartida, precisa haver a valorização do médico. “Uma coisa equilibrada, que faça bem para as operadoras de planos de saúde, que faça bem para o SUS, para a saúde pública e para nós também”, destacou.

Notícias Recentes

Share This