Curso para Implantação de Núcleo de Segurança do Paciente é realizado na SMCC

13 dez, 2019 | Notícias


Nos dias 04 e 05/12 aconteceu o curso de capacitação para implantação e gestão do Núcleo de Segurança do Paciente e notificação de incidentes e eventos adversos – exigência atual da ANVISA/Ministério da Saúde (Portaria 529/2013 E RDC 36/2013) nas organizações.

O Curso promovido pela SMCC também abordou ações de educação permanente e continuada atendendo aos requisitos de boas práticas dentro do contexto de segurança do paciente

O especialista na área de gestão da qualidade em saúde, MBA em gestão da qualidade Acreditação, formado na Ciência da melhoria do IHI, Osnir Simionatto, disse que o curso é voltado para gestores em geral, desde gestores de processos a gestores estratégicos. “Esse público aproveitaria mais as informações passadas aqui para transformar em estratégias e planos de ação dentro das organizações, devido ter acesso direto com os três níveis das organizações: estratégicos, táticos e operacionais” e ser multiplicador do conhecimento.

Segundo ele, a expectativa é que os alunos tenham uma visão crítica em relação à segurança do paciente e que os participantes tenham em mãos linhas de ação para poder conversar internamente com suas instituições, com as respectivas direções, para viabilizar a implementação de planos, projetos e de estruturas de melhorias em relação ao núcleo de Segurança do Paciente.

“A apresentação do plano de Segurança do paciente, das técnicas e do conhecimento das formas de notificação dos eventos adversos para a Anvisa, apresentados no curso é treinados em prática, capacita o público implementados do núcleo. As organizações tem dificuldade de viabilizar essas iniciativas voltadas para a segurança do paciente. Esse curso mostra a importância, a viabilidade e o passo a passo para concretizar essas inciativas”.

Enfermeira de Controle de Infecção Hospitalar, Liliane Bauer Feldman, com mestrado e doutorado em critérios de qualidade em Segurança do Paciente na Universidade Federal de São Paulo UNIFESP, reforçou a importância dos profissionais conhecerem a legislação. 
“É fundamental que os profissionais conheçam a legislação especificamente sobre Segurança do Paciente RDC 50/2020 que fala sobre os espaços físicos  e a Programa Nacional de Segurança do Paciente que está na portaria 529 de 2013. Desde 2013 é obrigatório a formação do núcleo de Segurança do paciente e à implantação do plano de Segurança do Paciente”.

A enfermeira informou que além dos profissionais a população sobre Segurança do Paciente precisa saber de algumas informações básicas para garantir atendimento com critérios como por exemplo exigir o uso da pulseira de identificação, fazer a prevenção de alergias, prevenção de quedas e exigir camas com grade.

“São exemplos de como a população pode fazer uso da legislação e aplicação real. Os profissionais que trabalham com a implantação do Plano de Segurança do Paciente devem fortalecer essas informações fazendo com que a diretoria dos hospitais entendam a importância de ter todos esses cuidados para prevenir os eventos adversos lesões os pacientes”, acrescentou Liliane.

A SMCC ainda oferece outros cursos sobre os temas: Liderança, Gestão de Pessoas, Personal Finance, Gestão de Custos Hospitalares, ISO 9001, Acreditação Hospitalar entre outros. Informações com Departamento Comercial da SMCC.

Notícias Recentes

MANIFESTAÇÃO DA SMCC SOBRE MUDANÇAS NAS REGRAS DA CNRM

MANIFESTAÇÃO DA SMCC SOBRE MUDANÇAS NAS REGRAS DA CNRM

No dia 17 de abril de 2024, nós fomos surpreendidos por uma decisão UNILATERAL do governo federal, que mudou drasticamente as regras da CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica). Através do decreto 11.999, sem nenhum conhecimento ou consulta prévia feita às...