Conheça as principais causas de dores no joelho em cada faixa etária

15 fev, 2022 | Notícias

Coordenador do Departamento Científico de Medicina Esportiva da Sociedade de Medicina explica que o problema acomete de crianças a idosos; veja como prevenir essas dores

Uma queixa comum no consultório do médico do esporte e do ortopedista, as dores no joelho podem acontecer em qualquer faixa etária, mas por motivos diferentes. O coordenador do Departamento de Medicina Esportiva da SMCC (Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas), Dr. Sérgio Rocha Piedade, explica quais são as causas mais comuns e o que deve ser feito para evitar o problema. É possível conferir o vídeo que ele gravou sobre o tema neste link, em mais uma Dicas de Saúde da SMCC.

De forma geral, as dores no joelho são causadas por atividades físicas realizadas de forma impulsiva, sem orientação; por traumas, como contusões, entorses e fraturas; e também pelo sedentarismo, que é um fator desencadeante para este tipo de dor. “Entretanto, existem problemas que acometem mais uma faixa etária do que outra”, explica o médico.

De acordo com ele, a infância é o período de descobrimento e entusiasmo pelos esportes e atividades físicas. Nessa fase, é comum a criança apresentar a dor referida, que é uma dor que ocorre no joelho, mas pode ser proveniente de outras articulações. “Isso deve ser avaliado pelo médico, que vai definir se a dor é no joelho ou se ela é proveniente do quadril, da coluna e assim por diante”, comenta.

“Existe também a chamada dor do crescimento, que é uma dor sem causa específica, definida pelo momento em que a criança começa a ter o estirão de crescimento. Ela é autolimitada e tende a melhorar com um pouco de repouso”, diz. Outra dor comum nessa fase da vida é a da criança atleta. “É aquela criança que começa a fazer uma atividade física de forma mais intensa e que seu condicionamento não está perfeitamente adaptado para essa carga de intensidade e treinamento”, explica Dr. Piedade.

Nos jovens, as dores no joelho são invariavelmente por duas condições. “O jovem que é extremamente esportivo e o jovem que é mais sedentário, ou seja, o jovem que vive no mundo digital. Nos jovens que são mais esportivos, as lesões de sobrecarga, como as tendinites e as bursites, e os traumas, como as contusões e as entorses, são as principais causas para a dor no joelho. Já no jovem mais sedentário, que vive no mundo digital, as retrações musculares, a inatividade e a perda de massa muscular são os principais fatores que vão levar a um quadro de dor no joelho”, comenta o médico.

Segundo Dr. Piedade, no adulto, a queixa frequente de dor no joelho é do indivíduo que estava sedentário e começou a praticar uma atividade física. “Vai cair naquela mesma história: eu começo a fazer atividade física, sem estar devidamente preparado para isso”, diz.

Já no idoso, o principal motivo de queixa é o chamado joelho experiente. “O que é isso? O joelho que apresenta alterações degenerativas. É o chamado desgaste natural, é o processo de envelhecimento, acompanhado de perda de massa muscular. Tudo isso leva a um desequilíbrio que vai ocorrendo de forma progressiva. É aquela dor que, muitas vezes, o nosso avô, a nossa avó reporta como uma dor que começa do nada. Na verdade, é um processo evolutivo natural de todos nós”, explica.

A boa notícia é que é possível prevenir e diminuir as dores no joelho. “Primeiro, não seja sedentário. Faça atividade física regular, de forma consciente, com orientação. A atividade física regular fortalece os nossos músculos e protege as nossas articulações. Se você está sedentário, inicie as atividades físicas com um breve aquecimento, faça-as de forma progressiva e, ao final, alongue-se. Respeite os limites do seu corpo e, sempre que necessário, busque ajuda de um médico e faça uma avaliação pré-participacional”, orienta.

 

Notícias Recentes

SMCC promove evento sobre assédio no ambiente de saúde

SMCC promove evento sobre assédio no ambiente de saúde

Encontro será no dia 20 de junho para profissionais da área de saúde A Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) realizará no próximo dia 20 de junho, das 19h às 21h, um evento importante para profissionais de saúde: "Assédio no ambiente de saúde: como...