Página Inicial 9 Notícias 9 Comitê da SMCC abre grupo para enlutados por suicídio

Comitê da SMCC abre grupo para enlutados por suicídio


O Comitê Permanente de Prevenção ao Suicídio da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) realizou o 1º Encontro Grupo de Apoio aos Enlutados por Suicídio Campinas nesta quinta-feira (19/09).

O grupo foi criado a partir da iniciativa das psicólogas Jéssica Silveira, Iva Siqueira e Ana Luiza Nobile Cassiani com a psiquiatra, e uma das fundadoras do Comitê Permanente de Prevenção ao Suicídio da SMCC, Dra. Carmen Sylvia Ribeiro.

O 1º Encontro integrou a Semana de Prevenção ao Suicídio da SMCC pelo Setembro Suicídio – uma das maiores campanhas de prevenção da entidade.

Com encontros abertos uma vez por semana e entrada gratuita, a ideia é acolher familiares enlutados por vítimas de suicídio em Campinas e região.

A Psicóloga especializanda em Suicidologia, Jéssica da Silva Silveira, foi quem começou as primeiras conversas a respeito. “Conheci o casal Terezinha e Joseval Máximo, pais enlutados blogueiros e influencers do blog “Nomoblidis”. Quando me mudei para Campinas eles falaram por que você não monta um grupo em Campinas? No grupo dela de São Paulo tem gente que viaja cinco horas e vem de longe para os encontros. Juntamos com Iva, Ana e Dra Carmem abraçou o projeto e começamos”, comemorou ela.

A Psicóloga Ana Luiza Nobile Cassiane diz que o tema é difícil de ser tratado. “Já faço parte de um grupo, mas percebemos como é difícil falar e ser enlutados por suicídio. O convite veio da Jéssica e resolvi participar. As pessoas falam que perderam o parente, mas tem dificuldade de falar que foi por suicídio. A idéia é promover para a população de um modo geral este acolhimento. As campanhas estão falando de prevenção, mas e o depois? A família é impactada”.

Para Iva Siqueira a experiência com a PM em Campinas reforçou a necessidade de ajudar com encontros fixos na cidade. “O meu desejo de contribuir com este grupo é pela experiência clínica. Eu tenho quatro anos de atendimento junto a Polícia Militar. Ali, eu me deparei com esse desejo de ajudar estas famílias. Sabemos que o luto por suicídio é complicado! Tem um certo tempo para ser elaborado”.

Números suicídio Campinas

Segundo aponta estudo conjunto entre a secretaria de saúde de Campinas e a Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP publicado em julho deste ano, a cidade de Campinas registra uma tentativa de suicídio a cada 36 horas.

A região Noroeste da cidade, onde ficam o distrito do Campo Grande e bairros como o Parque Valença e Jardim Florence, é a qual detém as maiores taxas de tentativas de suicídio. A cada 100 mil habitantes que moram na região: 41,6 já tentaram, em algum momento, tirar a própria vida. A região Leste – onde ficam os bairros próximos ao Taquaral – registram os menores números: 15,3 para cada 100 mil habitantes.

Ainda segundo o estudo, o maior número de tentativas de suicídio em Campinas (independente da região) acontece na faixa etária dos 15 aos 19 anos. As meninas são quem mais tentam tirar a própria vida antes dos vinte anos: são 94 tentativas para cada 100 mil adolescentes. Entre os meninos da mesma idade, o índice é quase quatro vezes menor.

Contato Grupo Enlutados SMCC
Informações sobre as reuniões seguem diretamente com a coordenadora dos encontros a psicóloga Jéssica por telefone ou whatsapp (11) 96035 7707.

Ferramenta de imagem

Anúncios

advertisement

Notícias Recentes

SMCC lança alerta sobre monkeypox para a classe médica

SMCC lança alerta sobre monkeypox para a classe médica

Objetivo do documento é orientar os médicos, principalmente das especialidades mais relacionadas, sobre a importância do diagnóstico precoce, diante do aumento de casos no Estado de SP A SMCC lançou hoje um alerta sobre a monkeypox, popularmente conhecida como varíola...

Telhado da Casa de Campo é reformado

Telhado da Casa de Campo é reformado

Melhoria é mais uma ação da atual diretoria e tem como objetivo oferecer um espaço de qualidade para os associados O telhado da Casa de Campo passou por uma reforma e todas as telhas foram trocadas por um modelo mais moderno, no estilo sanduíche. O objetivo da obra é...

Share This