Agosto Dourado – Pediatra da Sociedade de Medicina dá dicas para ajudar as mães a amamentarem

8 ago, 2022 | Notícias

Leite materno proporciona diversos benefícios ao bebê, entre eles, anticorpos da mãe e componentes indispensáveis para o desenvolvimento cerebral

A campanha Agosto Dourado tem como objetivo conscientizar e incentivar o aleitamento materno. Embora os benefícios da amamentação sejam muitos, o processo nem sempre é fácil, o que acaba fazendo com que muitas mães desistam de alimentar seus filhos com o leite materno. Para ajudá-las nessa fase, o pediatra membro da SMCC (Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas) Dr. José Martins Filho dá uma série de dicas, que também podem ser conferidas no vídeo disponível neste LINK.

“O leite materno é importante porque continua o amadurecimento do bebê, que foi feito intraútero e depois precisa ser complementado no pós-parto imediato, principalmente nos primeiros seis meses. É nesse período fundamental que o aleitamento materno vai fornecer os componentes alimentares indispensáveis para o bom desenvolvimento cerebral, além de  transferir anticorpos de proteção que a mãe passa pelo leite materno”, explica o médico.

Ele destaca, ainda, que outro benefício do aleitamento materno é o contato físico, afetivo e emocional do bebê com a mãe. “Isso é fundamental também para o desenvolvimento cerebral e para impedir que a criança sofra estresse tóxico, que é grave e pode lesar neurônios. A criança que é bem cuidada, bem amamentada, fica bem alimentada e protegida não tem oportunidade de ter o estresse”, comenta.

O pediatra pondera que o processo de amamentar nem sempre é fácil. “Quando se fala de aleitamento materno, as pessoas pensam que é uma coisa muito fácil, que é inata e que todos os mamíferos amamentam. Mas tem algumas dificuldades que aparecem e as mães precisam se ajudar”, diz. O ideal, segundo ele, é que a mãe comece a amamentar cedo, já na maternidade, onde deve receber ajuda para aprender a fazer uma boa pega. “O bebê tem de pegar bem o seio da mãe, pegando a aréola, e não mamar só no mamilo porque vai machucar a mãe e infeccionar. Às vezes, dá uma mastite, que impede a amamentação, se não é cuidada”, esclarece.

Outra coisa importante, de acordo com o médico, é amamentar em livre demanda. “Os bebês não usam relógio, não sabem que horas são. Eles vão mamar toda vez que tiverem fome. Então a gente recomenda, nessa fase, para ajudar as mães e os bebês, a chamada livre demanda. A mãe deve atender à necessidade que o bebê tem de ser amamentado. Ele vai chorar, você vai colocar no peito”, diz.

Dr. José Martins também chama a atenção para a vontade de dar mamadeira quando surgem as dificuldades na hora de amamentar.  “Quando você introduz mamadeira, o bebê vai pegar o bico de borracha e vai acontecer uma coisa chamada “erro de bico”. Ele começa a se adaptar ao bico de borracha e acaba não pegando o seio da mãe. Então, em vez de ajudar, a mamadeira acaba piorando muito, às vezes. E, nessa hora, você precisa da ajuda do seu médico, da sua enfermeira, da sua doula especializada em amamentação”, orienta.

O processo de amamentação desperta muitas dúvidas e uma das principais é saber se o bebê está mamando adequadamente. De acordo com Dr. José Martins, isso é fácil de saber. “Se ele está tranquilo, está urinando bem, está evacuando bem, está ganhando peso, está feliz e dormindo. Quando um bebê não está bem alimentado, ele vai ficar irritado,  ele vai chorar, às vezes, não urina bem e, principalmente, não ganha peso. Nessa hora, a introdução do entendimento de um pediatra ou de um especialista em amamentação é fundamental”, reforça.

Dicas para mães na hora da amamentação:

1 –  Desejar amamentar.

2 – Ter a ajuda do seu companheiro e/ou da sua família.

3 – Se preparar para amamentar (durante a gravidez, procurar alguém que entende de amamentação).

4 – Ajudar o bebê a pegar bem o seio (sempre abocanhando toda a aréola).

5 – Não ter horário fixo para amamentar.

6 – Manter a calma e a tranquilidade.

7 – Evitar entrar com mamadeira sem necessidade.

Notícias Recentes

SMCC promove evento sobre assédio no ambiente de saúde

SMCC promove evento sobre assédio no ambiente de saúde

Encontro será no dia 20 de junho para profissionais da área de saúde A Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas (SMCC) realizará no próximo dia 20 de junho, das 19h às 21h, um evento importante para profissionais de saúde: "Assédio no ambiente de saúde: como...